DC no limite: “Ainda é chocante testemunhar”